Jacques Prévert - L'Accent Grave

Hoje teremos mais uma poesia de Jacques Prévert. Espero que gostem.


Dica: No vídeo, a poesia começa aos 0:25.

Le professeur: Élève Hamlet! (Aluno Hamlet!)

L'Élève Hamlet: ...Hein... Quoi... Pardon... Qu'est-ce qui se passe... Qu'est-ce qu'il y a?... (Hein? O quê?... Desculpe... O que está acontecendo?... O que há?...)

Le professeur: Vous ne pouvez pas répondre "présent" comme tout le monde? Pas possible, vous êtes encore dans les nuages. (Você não pode responder presente como todo mundo? Não é possível, o senhor está de novo no mundo da lua.

L'Élève Hamlet: Être ou ne pas être dans les nuages. (Estar ou não estar no mundo da lua!)

Le professeur: Suffit. Pas tant de manières. Et conjuguez-moi le verb être, comme tout le monde, c'est tout ce que je vous demande. (Basta. Não faça cerimônia. E conjugue-me o verbo être como todo mundo, é tudo o que eu peço a você.)

L'Élève Hamlet: To be...

Le professeur: En français, s'il vous plaît. (Em francês, por favor.)

L'Élève Hamlet: Bien Madame. Je suis ou je ne suis pas, tu es ou tu n'es pas, il est ou il n'est pas, nous somme ou nous ne somme pas,... (Tudo bem senhora, eu sou ou eu não sou, tu és ou tu não és, ele é ou ele não é, nós somos ou nós não somos...)

Le professeur:Mais c'est vous qui n'y êtes pas, mon pauvre ami! (Mas é você que não está entendendo, meu pobre amigo!)

L'Élève Hamlet: C'est exact, madame le professeur, je suis "où" je ne suis pas, et, dans le fond, hein, à la réflexion, être "où" ne pas être c'est peut-être aussi la question. (Exatamente, senhora professora, eu estou onde eu não estou, e, no fundo, hein, refletindo, estar onde não estar é talvez também a questão.)



Dúvidas, sugestões, reclamações? Envie-nos uma mensagem!

0 comentários:

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br