Jacques Brel - Ne me quitte pas

Ne me quitte pas é uma canção composta, escrita e interpretada por Jacques Brel em 1959. Foi escrita em decorrer da separação de Brel e de Suzanne Gabriello. Segundo Brel, a música não é sobre o amor, mas sobre a covardia dos homens.


Ne me quitte pas - Não me deixe

Ne me quitte pas - Não me deixe
Il faut oublier - É preciso esquecer
Tout peut s'oublier - Tudo pode ser esquecido
Qui s'enfuit déjà - Quem já se foi
Oublier le temps - Esquecer o tempo
Des malentendus - Dos mal-entendidos
Et le temps perdu - E o tempo perdido
À savoir comment - Tentando saber como
Oublier ces heures - Esquecer estas horas
Qui tuaient parfois - Que as vezes mataram
À coups de pourquoi - de tantos porquês
Le coeur du bonheur - O coração de felicidade
Ne me quitte pas (x4) - Não me deixe

Moi je t'offrirai - Eu te oferecerei
Des perles de pluie - Pérolas de chuva
Venues de pays - Vindas de países
Où il ne pleut pas - Onde não chove
Je creuserai la terre - Eu escavarei a terra
Jusqu'après ma mort - Até depois da morte
Pour couvrir ton corps - Para cobrir teu corpo
D'or et de lumière - De ouro e de luzes
Je ferai un domaine - Eu criarei um lugar
Où l'amour sera roi - Onde o amor será rei
Où l'amour sera loi - Onde o amor será lei
Où tu seras reine - Onde tu serás rainha
Ne me quitte pas (x4) - Não me deixe

Ne me quitte pas - Não me deixe
Je t'inventerai - Eu inventarei
Des mots insensés - Palavras sem sentido
Que tu comprendras - Que tu compreenderás
Je te parlerai - Eu te falarei
De ces amants là - Daqueles amantes
Qui ont vu deux fois - Que viram duas vezes
Leurs coeurs s'embrasser - Seus corações se abrasarem
Je te raconterai - Eu lhe contarei
L'histoire de ce roi - A história deste rei
Mort de n'avoir pas - Morto por não poder
Pu te rencontrer - Te encontrar
Ne me quitte pas (x4) - Não me deixe

On a vu souvent - Vimos muitas vezes
Rejaillir le feu - Reacender o fogo
De l'ancien volcan - Do antigo vulcão
Qu'on croyait trop vieux - Que julgávamos muito velho
Il est paraît-il - É sabido
Des terres brûlées - De terras queimadas
Donnant plus de blé - A produzir mais trigo
Qu'un meilleur avril - Que o melhor abril
Et quand vient le soir - E quando vem a noite
Pour qu'un ciel flamboie - Para que um céu se inflame
Le rouge et le noir - O vermelho e o preto
Ne s'épousent-ils pas - Não se misturam
Ne me quite pas (x4) - Não me deixe

Ne me quite pas - Não me deixe
Je ne veux plus pleurer - Eu não quero mais chorar
Je ne veux plus parler - Eu não quero mais falar
Je me cacherai là - Eu me esconderei aí
À te regarder - Para te contemplar
Danser et sourire - Dançar e sorrir
Et à t'écouter - E para te ouvir
Chanter et puis rire - Cantar e então rir
Laisse-moi devenir - Deixe-me ser
L'ombre de ton ombre - A sombra da tua sombra
L'ombre de ta main - A sombra da sua mão
L'ombre de ton chien - A sombra do seu cão
Ne me quitte pas (x4) - Não me deixe




Dúvidas, sugestões, reclamações? Envie-nos uma mensagem!

6 comentários:

Anonymous disse...

Olá amigo.
Ótimo blog. Só queria te dizer que se incendiar é com um s, seria s'embraser, na canção vc pode escutar que realmente é isso que ele fala. s'embrasser significa se beijar.
Obrigado.

Guilherme M. disse...

Obrigado!!

Níveo disse...

Muito útil seu trabalho. Parabéns ! Estou reiniciando meus estudos de francês e seu blog me está sendo muito útil.

Telma Matias disse...

obrigada por o seu blog! estou começando a aprender francês e está sendo muito útil, fez um óptimo trabalho! Au revoir!

Anônimo disse...

Estou querendo aprender francês. Já tenho inglês e estou fazendo espanhol.
Adorei seu blog. Parabéns. Vai ser de muita utilidade para minha iniciação.

FK disse...

Esse site é incrível. Já aprendi tantas coisas e já me encantei com tantas canções. *-* Mas essa é, sem dúvida, a maior canção de amor de todos os tempos. Incrível, linda.

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br