Lição 61 – O imperativo ( L’impératif ) – Parte 2

Esta postagem é uma continuação da primeira sobre o imperativo. Se você ainda não leu, leia clicando aqui.


Assim como foi dito no post anterior, existem alguns verbos que são exceções quanto ao imperativo: être, vouloir, savoir e avoir. Os mesmos estão conjugados na tabela abaixo:

L'impératif
Être
Vouloir
Savoir
Avoir
Tu
Sois
Veuille
Sache
Aie
Nous
Soyons
Voulons
Sachons
Ayons
Vous
Soyez
veuillez
Sachez
Ayez

Para estes verbos, utilizamos então o que está na tabela, e não seguimos a regra antes dada. Outro verbo que é irregular é o verbo Aller. Ele também perde o –s final para o pronome tu, mesmo não terminando com –es.

L'impératif
Aller
Tu
Va
Nous
Allons
Vous
Allez

Também os verbos pronominais têm sua forma alterada. Trocamos te por toi. E também em verbos que utilizem o complemento me, este é trocado por moi. Em ambos os casos, estes vão para o fim do verbo. Quando a frase é negativa, não mudamos os complementos nem de forma nem de lugar. Exemplos:

- Tu te laves mal, lave-toi bien. (Tu te lavas mal, lava-te bem)

- Vous ne m'écoutez pas. Écoutez-moi. (Você não me escuta. Escuta-me.)

- Tu m'as parlé avant. Ne me parle pas quand je suis au téléphone. (Tu me falaste antes. Não me fale quando eu estou ao telefone)

Como podemos ver no primeiro exemplo te virou toi. E como o verbo laver termina com –es em tu quando conjugado no presente, tiramos o s no imperativo. Já no segundo exemplo, me virou moi, e a forma do imperativo é a do próprio verbo no presente sem substantivo. No último exemplo, me permanece inalterado, já que a frase é negativa. O verbo parler segue neste caso o mesmo formato do laver.

EXERCÍCIOS (Em breve)



Dúvidas, sugestões, reclamações? Envie-nos uma mensagem!

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom essas dicas! Vou sempre passar por aqui :)

adriane milczarek disse...

Me ajudou muito, uma luz no fundo do túnel :) merci !

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br